Carregando...

30.11.20 | Cuidados

CÂNCER DE PRÓSTATA EM CÃES: Como identificar?

Neste Novembro Azul queremos alertar os tutores sobre os riscos de uma doença silenciosa em seus cãezinhos: O câncer de próstata. 

Cachorros machos podem desenvolver a doença, porém, assim como para os humanos, com algumas atitudes preventivas é possível identificar e tratar da doença a tempo. 

 

O mês de Novembro é marcado pela campanha de conscientização contra o câncer de próstata em homens, então por que não cuidar do seu cãozinho também neste período? 

A campanha chama a atenção para a importância dos exames de rotina.

 

O foco na prevenção é vital, pois quando identificado cedo, as chances de tratamento da doença são consideravelmente maiores. 

 

PRINCIPAIS SINTOMAS DO CÂNCER EM CÃES 

Como várias doenças em seus estágios iniciais, o câncer de próstata não costuma aparentar sinais claro.Porém, conforme o tempo passa e o caso se complica, podemos notar os seguintes indícios:  

 

  • Dificuldade em urinar;
  • Gotejamento de sangue pelo pênis;
  • Urina com sangue;
  • Infecções urinárias que não respondem ao tratamento;
  • Dificuldade ao defecar e/ou com fezes em formato de fita,
  • Espasmos musculares (ao tentar urinar).

Além dos sintomas citados acima, o cachorro com câncer pode também apresentar quadro de vômitos, apatia e febre. 

 

A IMPORTÂNCIA DE UM DIAGNÓSTICO PRECOCE 

Como falamos anteriormente, as chances de tratamento da doença são maiores quando ela é descoberta precocemente. Em cães, existe um certo descuido quanto a realizar exames de rotina para check-up, o que pode complicar na identificação e tratamento de doenças graves. 

 

Sabe-se que após o aparecimento do tumor, a castração não é mais eficaz, porém, quando ela é feita precocemente, ajuda a prevenir problemas de saúde e garante melhor qualidade de vida ao cão. 

 

Alguns estudos foram realizados com partes genéticas que mostraram que, mesmo castrado, o cão tem chances de desenvolver a doença, porém, felizmente, a porcentagem de afetados é baixa com relação a outros tumores. 

 

Como os sintomas começam a aparecer conforme o avanço da doença, a maneira mais eficaz para identificar o câncer logo no início é levando seu cão para check-ups regulares no médico veterinário. 

 

Durante a consulta, poderá ser realizada a palpação retal e poderão ser solicitados os seguintes exames: 

 

  • raio-X;
  • ultrassom abdominal;
  • exames séricos (exame de sangue);
  • exames de urina.

Os exames devem ser realizados anualmente em cães machos adultos e idosos, não castrados. Eles representam o principal grupo de risco da doença. 

 

COMO PREVENIR A DOENÇA? 

Além de fazer o uso de medicamentos e o acompanhamento junto ao médico veterinário, a principal forma de prevenção é a castração. Isso porque, embora os cães castrados possam desenvolver a doença também, por algum fator genético, estudos mostram que o procedimento é capaz de diminuir consideravelmente a ocorrência da doença. 

 

Então está na hora de levar seu melhor amigo para um check-up com seu médico veterinário de confiança. Previna-se e garanta mais saúde e qualidade de vida para quem você mais ama. A BePet possui diversos suplementos para enriquecer a alimentação do seu animal, deixando mais forte e resistente. Conheça nossos produtos no site. 

30.11.20 | Cuidados

CÂNCER DE PRÓSTATA EM CÃES: Como identificar?

Leia mais
27.11.20 | Sem categoria

Como saber se meu gato está com carrapatos?

Leia mais
25.11.20 | Sem categoria

Cuidados com os pets durante o calor

Leia mais

Quero ser um Revendedor!

Os suplementos e petiscos para cães e gatos são tendência no universo pet e a preocupação dos tutores com o bem-estar animal só cresce.
Seja nosso parceiro e amplie seu portfólio com produtos de qualidade e preço justo!
Enviar mensagem

Assine nossa newsletter

Fique antenado sobre como cuidar do seu melhor amigo!
Cadastre seu melhor e-mail e nós enviaremos todas as novidades para você!

Copyright 2020 BePet. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Jobs X
Aguarde